O PENSAR, SENTIR E VIVER MADALENENSE. UM ESPAÇO DE PARTILHA E DIÁLOGO QUE MARCA PELA DIFERENÇA E QUALIDADE
Domingo, 31 de Janeiro de 2010
IV Domingo do Tempo Comum

Na semana passada, deixámos Jesus na sinagoga de Nazaré. Hoje, na continuidade do mesmo Evangelho, somos confrontados com a reacção dos conterrâneos às Suas palavras. “Nenhum profeta é bem recebido na sua pátria”, diz-lhes Jesus. Quantos de nós não experimentámos já a maior comodidade de desabafar ou procurar conselho junto de um desconhecido? A maior parte das vezes, porque temos telhados de vidro, tememos as palavras daqueles que nos são mais próximos e nos conhecem de gingeira… À semelhança de Jesus, também Jeremias, como todos os profetas, encontrou dentro da sua própria comunidade muitas resistências ao anúncio.



publicado por magdala às 00:51
link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Janeiro de 2010
Segura na Mão de Deus...

 

 



publicado por magdala às 03:24
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010
Oração pelo Ano Sacerdotal

 

 



publicado por magdala às 23:55
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010
Petição – Ajuda de Portugal ao Haiti: Acolher desalojados na nossa terra

 

Caros Amigos e Concidadãos:

 

Foi lançada uma petição online, oriunda dos Açores, apelando ao Estado Português para que se empenhe junto das Organizações Internacionais, no sentido de Portugal integrar os países disponíveis para prestar acolhimento a desalojados do Haiti, cuja evacuação em larga escala acontecerá em breve.

 

Em vários pontos do nosso País, particularmente nas comunidades mais pequenas, em especial em certas Ilhas dos Açores, as populações querem ajudar, mas ou não encontram forma de encaminhar a sua ajuda material, ou não dispõem de recursos financeiros bastantes para depositar nas contas/donativos que estão abertas.

 

Porém, esses portugueses de Boa Vontade, estão dispostos a oferecer os seu melhor, individual e colectivamente para, à escala dos meios, acolherem desalojados do Haiti, proporcionando-lhes condições de vida condignas e apoio humano, de modo a que os sinistrados possam encontrar o amparo que lhes falta, o conforto que merecem, e fundada esperança num dia melhor.

 

Bem sabem os signatários que o Estado Português, instituições várias, de solidariedade social e outras, tudo estão a fazer para tentar minorar a dor do Haiti. Nesta fase, as ajudas possíveis estão em curso. Todavia, se nesta fase todas as ajudas importam, se todos os contributos ajudam, por conseguinte, na fase que se segue, não há-de ser diferente.

 

A missão humanitária em torno do Haiti não poderá ser dada por encerrada quando os sobreviventes estiverem resgatados, os mortos enterrados, os doentes assistidos e os desalojados abrigados em espaços provisórios...

 

O que acontecerá depois, perguntamos... quando a TV já não abrir telejornais com as imagens mais horripilantes, quando a "consciência globais" já não estiverem tão sensíveis, e quando as grandes potências tiverem decidido sobre os destinos daquele Povo?

 

Quando começar o primeiro balanço, em fase de rescaldo e, afinal, quando chegarmos à conclusão que podíamos ter tido outra atitude, evitando, pelo menos, que uma parte daquelas vítimas/sobreviventes não ficasse à inteira mercê do acaso e dos apetites mais vorazes, geradores de novas fatalidades, mais tragédias sobre a tragédia???...

 

Portugal pode antever já esse horizonte, que é curto, ou não tivéssemos dados factuais na nossa história recente para tal noção estar bem viva; a descolonização, o abandono de Timor-Leste ou, mais recentemente, a complexa questão posta à União Europeia relativamente à imigração clandestina...

 

A tudo isso, acresce, nos Açores, outra dimensão. A experiência da sujeição às catástrofes naturais e as consequências humanas dos desastres; a emigração para os EUA e Canadá, após a erupção do Vulcão dos Capelinhos (1957), as ajudas recebidas após o sismo de 01 de Janeiro de 1980 ou, mais recentemente, as consequências do repatriamento de segundas gerações, muitas vezes sem critério social e humano adequado.

 

Se estas razões não nos não bastassem, dir-se-ia ainda que, à medida de cada comunidade, e na devida proporção, existem hoje nos Açores meios logísticos e humanos para acolher grupos de desalojados nas Ilhas, sem que isso implique qualquer sobrecarga para a coesão social existente.

 

Mais importante: existem pessoas, vontades e comunidades, aptas a desempenhar, voluntária e graciosamente, o seu contributo humanitário, sendo que tal missão muito gratificante seria para quem acolhe, elevando também a matriz humanista de Portugal, por via do gesto. Uma pequena ajuda para uns poucos. Quem nada têm e tudo precisam...

Essa será, também, porventura, uma das nossas melhores formas de ajudar.

 

Pedimos, portanto, a todos aqueles que considerarem esta iniciativa boa que a façam sua, assinando a petição. E que a divulguem! Para que consigamos propagar um "surto benigno", com epicentro no Portugal mais recôndito.

 

Cumprimentos cordiais,

 

P´los signatários,

Ricardo Alves Gomes

 

LINK PARA PETIÇÃO ONLINE: Ajuda de Portugal ao Haiti: Acolher desalojados na nossa terra

 

http://www.ipetitions.com/petition/acolherhaiti



publicado por magdala às 00:06
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010
Comunicado da Ouvidoria do Pico sobre a Celebração do Sacramento do Crisma

DIOCESE DE ANGRA

OUVIDORIA DO PICO

 

Comunicado sobre a Celebração do Sacramento do Crisma

 

Relativamente à celebração do Sacramento da Confirmação o nosso Bispo, a 22 de Agosto último, enviou a todos os Párocos o seguinte comunicado:

“Terminaram os três anos de experiência de mais um ano de preparação para a celebração do Sacramento do Crisma. Feita a avaliação na Conferência Anual de Ouvidores e ouvido o Serviço Diocesano para a Evangelização e Catequese, determino quanto segue:

1. O Sacramento do Crisma é celebrado só depois de concluído o itinerário catequético de 10 anos.

2. A celebração será feita no momento mais oportuno e possível, após uma adequada preparação próxima.

3. A partir do 8 ° Ano, para além da transmissão doutrinal e da participação litúrgica, é preciso envidar esforços, no sentido de ir inserindo progressivamente os catequizandos na vida e nos serviços da Comunidade Paroquial.

É que a experiência de três anos do impropriamente chamado 11° Ano de Catequese não teve os resultados almejados. Houve experiências interessantes e promissoras. Mas a tentativa de envolver mais os crismandos na Comunidade não se generalizou suficientemente. Em certos casos, não passou de um ano de espera.

Vamos, então, procurar apostar fortemente nos 10 anos de Catequese. Para que sejam realmente uma caminhada de iniciação e de prática da vida cristã. Com o indispensável acompanhamento formativo dos catequistas. Ao estilo da Catequese de Adultos. De tipo catecumenal.

Farei todo o possível para presidir às celebrações do Crisma. Em certos casos, é a única oportunidade de contacto pessoal com as Comunidades. Mas é materialmente impossível presidir, todos os anos, à celebração dos Crismas, em todas as Paróquias. Isso só acontecerá durante a Visita Pastoral. Fora disso, peço que, na medida do possível, haja alguma concentração, por Ouvidorias e/ou Zonas Pastorais. Isso torna-se viável e aceitável por parte das pessoas, se houver alguma rotatividade entre as igrejas paroquiais.

Seja como for, é sempre possível e, às vezes até aconselhável, atribuir a presidência da celebração do Crisma, ao Vigário Geral e aos Vigários Episcopais, aos Ouvidores e aos Monsenhores.”

 

Tendo em conta as determinações do Prelado Diocesano, o Clero da Ouvidoria do Pico na sua reunião de 22 de Janeiro último deliberou que:

1. Na Ouvidoria do Pico a celebração do Sacramento da Confirmação realizar-se-á no Tempo Pascal de cada ano, realizando-se somente quatro celebrações na ilha, uma por cada Zona Pastoral e outra na Zona da Ponta da Ilha.

2. Os que já terminaram o itinerário de iniciação catequética e os maiores de 18 anos que não o terminaram, que desejarem celebrar este Sacramento, terão como preparação próxima, cinco catequeses quaresmais por Zona Pastoral, sob a orientação do Serviço de Pastoral Profética do Pico.

 

Pico, 25 de Janeiro de 2010.

 

O Ouvidor Eclesiástico

Pe. Marco Martinho

 

Informação sobre a Preparação e Celebração do Sacramento da Confirmação

 

1. As Catequeses Quaresmais de preparação próxima para o Sacramento da Confirmação realizar-se-ão pelas 20 horas dos dias 23 de Fevereiro, 2, 9, 16 e 23 de Março de 2010, na Igreja Matriz de cada uma das Zonas Pastorais da Ouvidoria.

 

2. A Igreja Matriz de cada Zona Pastoral acolherá a celebração do Crisma, pelas 18 horas dos seguintes dias:

- Zona Pastoral da Madalena – 11 de Abril de 2010;

- Zona Pastoral de São Roque – 18 de Abril de 2010;

- Zona Pastoral das Lajes – 9 de Maio de 2010;

 

3. Os que já terminaram o itinerário de iniciação catequética e os maiores de 18 anos que não o terminaram, que desejarem celebrar este Sacramento, deverão inscrever-se junto dos seus Párocos até ao dia 21 de Fevereiro de 2010.

 

Pico, 25 de Janeiro de 2010.

 

O Ouvidor Eclesiástico

Pe. Marco Martinho



publicado por magdala às 02:44
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
Uma imagem vale mais do que mil palavras...

Sem comentários...



publicado por magdala às 17:30
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010
As novas tecnologias são recursos para a fé – diz Bento XVI

Crescer na fé, em contacto com os homens e mulheres do nosso tempo, utilizando os recursos disponibilizados pela era digital em que vivemos. Isto é o que Bento XVI destaca como urgente e inevitável tarefa para os sacerdotes e os consagrados e consagradas, por ocasião do próximo 44º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que se celebra a 16 de Maio. Na Mensagem para o Dia sobre o tema "o sacerdote e a pastoral no mundo digital: os novos meios de comunicação a serviço da Palavra", o Papa lembra que, através dos modernos meios de comunicação, o sacerdote poderá fazer conhecer a vida da Igreja e ajudar os homens de hoje redescobrir a face de Cristo.

 

A tarefa dos que trabalham nos meios de comunicação como consagrados é de abrir o caminho para novos encontros, garantindo sempre a qualidade do contacto humano e a atenção às pessoas e às suas verdadeiras necessidades espirituais. As novas tecnologias são assim um recurso e uma oportunidade para os crentes, pois nenhuma estrada deve ser ignorada a quem em nome de Cristo se aproxima do homem.

 

H2 news



publicado por magdala às 23:57
link do post | comentar | favorito

Domingo, 24 de Janeiro de 2010
III Domingo do Tempo Comum

 

A liturgia da Palavra apresenta-nos, hoje, Jesus como Aquele que vem dar pleno cumprimento à profecia, realizar a Palavra com que, até Ele, Deus foi falando de muitos modos. Já de seguida, vamos escutar uma passagem do Livro de Neemias. Provavelmente, este nome pouco nos diz. E, no entanto, o texto que vamos ouvir, belíssimo, deve ser não só atentamente ouvido como assimilado, interiorizado, diria mesmo saboreado, por cada um de nós. Fala-nos da Palavra de Deus esperada, proclamada e vivida. Reparai que o esquema apresentado é quase o de uma Eucaristia.



publicado por magdala às 00:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 23 de Janeiro de 2010
Visita do Papa a Portugal

 

Nota Pastoral do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa

 

1. Júbilo e Gratidão

 

O Santo Padre Bento XVI, correspondendo ao convite, várias vezes reiterado, dos Bispos portugueses bem como ao convite do Senhor Presidente da República, aceitou visitar o nosso País, por ocasião da peregrinação aniversária de 12 e 13 de Maio a Fátima, no próximo ano. O anúncio da visita suscitou, de imediato, um sentimento de júbilo e regozijo entre o nosso povo. Trata-se da concretização de um desejo, ansiosamente esperada, que muito nos honra e distingue, até porque Bento XVI escolhe os gestos e as viagens que faz, com motivações espiritualmente profundas e teologicamente ricas.

Queremos, pois, agradecer, de todo o coração, ao Santo Padre e corresponder a esta honra com aquele amor ao Papa que é uma dimensão profunda do catolicismo português. A comunhão visível com o Sucessor de Pedro, fisicamente presente entre nós, será, mais uma vez, ocasião da expressão espontânea desse amor à sua pessoa, ao seu magistério e ao seu serviço universal e de fidelidade à Igreja.

 

2. Peregrino de Fátima

 

O Santo Padre vem, essencialmente, como peregrino de Fátima, onde encontrará uma expressão viva de todas as Igrejas de Portugal.

A sua vinda a Fátima coincide com o décimo aniversário da beatificação dos pastorinhos Francisco e Jacinta e com as comemorações do centenário do nascimento da Jacinta. Todavia, projecta-se no horizonte mais amplo das suas peregrinações aos maiores santuários marianos espalhados pelo mundo, como grandes centros de evangelização.

Quando o Papa se faz peregrino, na qualidade de Pastor universal da Igreja, é toda a Igreja que peregrina com ele. Por isso, esta sua peregrinação reveste um grande significado pastoral, doutrinal e espiritual.

Ele conhece como ninguém o cerne e o alcance da Mensagem de Fátima, de que se tornou intérprete singular com o seu Comentário Teológico ao “terceiro segredo”, quando era Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Já como Papa, na visita ao Brasil, evocando o nonagésimo aniversário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima, não hesitou em falar da “mais profética das aparições modernas”. Sabe, pois, muito bem qual é a actualidade e a importância de Fátima para a Igreja e para o mundo, tal como as exprimiu o Papa João Paulo II, de santa memória: “De Fátima irradia para todo o mundo uma mensagem de conversão e de esperança; uma mensagem que, em conformidade com a fé cristã, está profundamente inserida na história... O apelo que Deus nos faz chegar através da Virgem Santa conserva intacta, ainda hoje, a sua actualidade”.

A peregrinação do Santo Padre a Fátima é, assim, uma interpelação para nós. O Santuário de Fátima, onde se torna viva e actual a Mensagem de Nossa Senhora, é hoje um elemento importante para a evangelização e para a edificação da Igreja no nosso País. Nós, os Bispos, estamos conscientes da importância decisiva deste Santuário. Desejamos que ele exprima o lugar particular de Maria no mistério de Cristo e da Igreja, como estrela da evangelização.

Maria, que o Papa chama “Estrela do mar” na encíclica “Spe salvi”, é aquela que acompanha a viagem de cada um de nós e de toda a Igreja no mar da vida e da história com o amor vigilante e atento de uma mãe que ama os seus filhos e deseja a sua felicidade. E na viagem indica a Luz verdadeira que é Jesus e convida a fixar nele o nosso olhar, repetindo a cada um de nós o que disse aos serventes nas bodas de Caná: “Fazei tudo o que Ele vos disser”.

Maria é também a “Estrela da esperança” porque indica continuamente a meta, o porto seguro e feliz, a comunhão eterna e definitiva com Deus e com todos os homens, os novos céus e a nova terra onde habitará para sempre a justiça.

Neste sentido, a visita do Santo Padre quer também encorajar o empenho constante e generoso na obra de evangelização, ajudando a passar de uma religiosidade tradicional a uma fé adulta e pensada, capaz de testemunho corajoso em privado e em público, que saiba enfrentar os desafios do secularismo e do relativismo doutrinal e ético, típicos do nosso tempo, que Bento XVI lembra frequentemente.

 

3. Acolher e acompanhar o Papa peregrino

 

Neste momento, ainda não está definido o programa da visita do Santo Padre. Na próxima Assembleia dos Bispos, em Novembro, reflectiremos sobre como prepará-la espiritualmente, a fim de que possamos vivê-la como um momento de graça e uma significativa experiência cristã para a Igreja em Portugal.

Desde já convidamos todos os fiéis a acolher o Santo Padre em verdade, como Sucessor de Pedro que vem confirmar os irmãos na fé, e com afecto e participação pessoal, unindo-nos em oração às suas intenções pela Igreja e pelos grandes anseios da humanidade.

Elevemos, pois, a nossa oração à Virgem Maria, Mãe da Igreja, Nossa Senhora de Fátima, para que, com a sua bondade materna, acompanhe os passos do Santo Padre nesta peregrinação e o assista no seu ministério de Sucessor de Pedro, que nos preparamos para acolher e acompanhar com alegria, entusiasmo e devoção filial.

 

Fátima, 6 de Outubro de 2009



publicado por magdala às 01:06
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010
Vaticano exorta os sacerdotes a utilizarem Internet

A mensagem do Papa para o 44º Dia Mundial das Comunicações será apresentada à imprensa na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas. No âmbito do Ano Sacerdotal, a mesma terá como tema “O sacerdote e a pastoral no mundo digital: os novos meios ao serviço da Palavra”.

 

Uma mensagem que há vários anos se interessa pela Internet, seus usos e a presença da Igreja neste novo meio de comunicação, como destacou Jean-Francois Mayer, diretor do Instituto Religioscope, cuja sede e escritório se encontram em Friburgo, Suíça.

 

Porém a Igreja não se limita a reflectir sobre os usos da Internet e ver essas novas redes, esta se compromete igualmente, desde o Vaticano até os leigos, passando pelos sacerdotes...

 

“Da parte da Igreja católica, sempre houve um interesse pelos diferentes meios de comunicação social e por isso, Internet faz parte disso. O que se realizou no âmbito da Igreja Católica é também a publicação de vários documentos importantes que trataram de desenvolver uma reflexão sobre os usos da Internet e sua presença”.

 

“Por sua vez, há iniciativas importantes. Existe este site tão importante do Vaticano que foi desenvolvido por iniciativa e motivação de João Paulo II, existem também os sites diocesanos (...) e existe também uma multidão de iniciativas individuais e também de diferentes grupos dentro da Igreja Católica e iniciativas de pessoas individualmente. Penso por exemplo, na reprodução dos blogs dos sacerdotes”.

           

H2 NEWS

 



publicado por magdala às 00:12
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
A partir de 20 de Março de 2009
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Arquivos

Julho 2014

Junho 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Favoritos

Magdala

Hiperligações
blogs SAPO
subscrever feeds